“IN” AGORA É ETNIA

Confirmou. Só dá etnia na moda mundial. A palavra (e o conceito,assim sendo) esta “bombando” em todas as chamdas de capa (que interessam) no mundo, e a produção da capa da próxima edição da Vogue americana acabou confirmando esse hype inegável.

Recentemente falei sobre isso aqui no blog lembrando um (inesquecível) desfile do mestre Jean Paul Gaultier de 1.994 onde a Índia e todo seu misticismo étnico “jorraram” na passarela do designer.

Na capa de Vogue, a atriz Raquel Weisz surge com um vestido que é a cara dessa tendência,mais que isso, meio barroco até. O cabelão natural e cheio de cachos mostra que a beauté também entrou na mesma onda. Com styling da diretora-fashion da publicação Tonne Goodman,a beleza “mediterrânea” (adoro) de Weisz fez da capa,uma das mais bonitas do ano.

Nota: ela não está a cara de Linda Carter (atriz que interpretava a “Mulher Maravilha”) nos anos 80 ?

(para ler ouvindo)

Anúncios

Um comentário sobre ““IN” AGORA É ETNIA

  1. Oi querido, obrigada pelas citações! Mas, ó: eu sou editora de moda, não redatora da Vogue! Depois que Silvia Rogar, redatora-chefe, saiu daqui, não tivemos mais esse cargo. Bjo! MP

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s