O INFERNO ASTRAL DA EDITRIX

Começou o ano e claro,o diz-que-diz sobre o futuro da mais poderosa edição de Vogue no mundo – a americana – e sua editora-chefe, a temida Anna Wintour (foto) continua na boca do povo,sim. E aqui também,of course. E não estou falando de “qualquer povo” não,qualquer boca muito menos. Quem andou tocando no assunto foi ninguém menos que Cathy Horyn,a poderosa editora de moda do jornal “The New York Times”. E se uma top editora como Cathy escreve um texto no primeiro dia do ano sobre o assunto,pode ter certeza de que algo acontece sim. Não trata-se de fuxico-fashion.

anna

No texto escrito por Cathy entitulado “O que há de errado com a Vogue?”, fica claro que o burburinho vem direto da diretoria executiva da Condé Nast,a editora que publica o título. Fala sobre a queda nas vendagens em banca que foram acentuadas por conta da crise mundial (iniciada nos Estados Unidos,vale lembrar) e ainda sobre os rumores que surgiram em novembro último sobre a possibilidade da moderna Carine Roitfeld (minha editora favorita,na foto abaixo entre os filhos Wladimir e Júlia) ocupar o lugar de Wintour na edição americana. Quem não se lembra da cena de “O Diabo Veste Prada” onde Miranda Priestly (inspirada em Anna) conta à sua assistente que caso saísse da revista “Runway” (outro nome para Vogue no filme) levaria consigo anunciantes,modelos,editores,fotógrafos e stylists – ou seja – tudo (e todos) que importa dentro de uma publicação de peso como é a “sua” revista. A verdade é que quando Wintour substituiu (sua então editora-chefe) Grace Mirabella em 1.988,surgindo como uma promessa de renovação para a (enfraquecida) revista foi o maior “bafafá” no mercado editorial. Esse troca-troca de editores de revista faz parte da história da moda desde sempre,lá fora e aqui no Brasil também.

carine

Nomes importantes do meio andaram dando suas versões sobre esses rumores. Michael Roberts por exemplo,que é diretor de moda de outra revista editada pela Condé Nast,a Vanity Fair, declarou que dificilmente a revista iria  sobreviver após a saída de Anna e que Carine já teria declarado que não é uma “garota de negócios”,fazendo alusão assim ao fato de que Anna tem um allure todo especial em lidar com os anunciantes de peso da revista (para se ter uma idéia,a Vogue América tem uma tiragem de 1,2 mil “contra” 133 mil de Vogue Paris). Se la editrix realmente vai deixar a redação de Vogue América,vamos aguardar os próximos capítulos dessa noevela.

+ Anna : parace que a “Nuclear Wintour” (seu apelido no meio) está em seu momento inferno astral. Saiu uma matéria na revista Time onde pasmem! Anna lidera entre as mais mal-vestidas. Arruda urgente,Anna.

fotos: reprodução

(para ler ouvindo)

Um comentário sobre “O INFERNO ASTRAL DA EDITRIX

  1. Petit
    Entrei aqui pra te pedir uma dica do wordpress e me vi envolvido mais uma vez na infindável polêmica Vogue Paris-Vogue EUA…
    Olha, quem sou eu pra falar alguma coisa, a Vogue francesa realmente é um luxo, a fofa lá é sua ícone… mas… teve uma entrevista da Carine há pouco tempo em que ela desceu a lnha em TODAS AS EDITORAS da Vogue, que a Vogue Paris é a melhor, a única, a the best.
    Sabe… precisa? Acho mesmo que tem momentos sublimes por lá, mas não acho que ela reinventou a roda. E essa grosseria, mon chér, PRA QUE? É essa fofa esquentadinha e pouco gregária que vai salvar o Titanic? Pas d’accord, petit.
    Acho que se Anna sair mesmo a coisa vai continuar do jeito que dá pra continuar, afinal Diana Vreeland não saiu um dia? Essa crise vai passar e as loucas vão precisar sonhar com coisas bonitas.
    E eu acho… pra te contar uma coisa que a véia me disse no ouvido… que quem TALVEZ substitua a Anna tá bem mais perto do que a gente pensa… você não viu meu post da Beyoncé? Veja a revista, bee. TÁ? Recado dado.
    Querido… como você faz pras suas fotinhos aparecerem em todas as mensagens? Tô com inveja.
    Bjs,
    Babbis

    Agora… Time (AQUELA CAFONICE ATROZ) publicar que a Anna é uma das mais mal-vestidas… FAÇA-ME O FAVOR NÉ, vão pentear macaco e procurar chifre na cabeça de cavalo, como se diz na minha terra. Je m’enerve!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s