TCHAU GISELE,OI CAREY !!

ícone dos ícones: a primeira supemodel da história,a inglesa Twiggy

Símbolo máximo das milhares de “wanna be Gisele”,o cabelo comprido,cheio camadas e (falso) volume que tomou de assalto passarelas e as ruas desde que Gisele Bundchen chegou ao topo,exatos dez anos atrás,poucas são as meninas que ousam cortar as madeixas.Eu me refiro aqui a cortar mesmo,não me refiro ao tradicional corte-de-manutenção – aquele em que apenas as pontinhas mais ressecadas são tosadas.

Além do mais famoso corte de todos os tempos,o “estilo Chanel”,referência ao comprimento usado pela famosa estilista francesa e repaginado pelo mais famoso mestre das tesouras de todos os tempos,Vidal Sasson,uma opção superbacana é investir no total desapego ao cabelão e se jogar num curtinho cheio de estilo (sucesso entre as estilosas francesinhas),o que implica quase que automáticamente em investir também em acessórios superfemininos,como brincos-giga e colares cheios de bossa.

além do talento inquestionável,esse corte alçou Carey ao topo das listas de it girls (espertas e) copiadíssimas

Não há fashionista que não se lembre da história que envolve a modelo canadense Linda Evangelista.Até aceitar tosar os cabelos e investir num corte geométrico e supercurto era apenas mais uma na multidão.No entanto,ao aceitar a sugestão do fotógrafo Steven Meisel (que a clicaria inúmeras vezes para campanhas publicitárias e luxuosas capas de revistas),que acreditava em seu potencial mas acreditava faltar “algo” em seu look.Ponto para ele e claro,para Linda que a partir daí se tornou uma das mais poderosas e prestigiadas modelos de todos os tempos,chegando a declarar que “não levantava da cama por menos de 10 mil dólares”.

Hype anos 2.000

Nos últimos tempos,a inglesa Carey Mulligan se tornou o hot name entre as mais antenadas beauty-addicts,tudo por conta de seu corte,que lembra e muito o de Twiggy,a primeira supermodelo da história e da atriz Mia Farrow,aquele que a alçou ao estrelato no filme de terror “O Bebê de Rosimary (1.968)”.

fotos: reprodução

(para ler ouvindo)

3 comentários sobre “TCHAU GISELE,OI CAREY !!

  1. Adoro esse cabelo Joãozinho. Nos anos 70 pouquíssimas mulheres tinham essa coragem. Não sei porque, me lembrei de Marcia Mendes, uma repórter maravilhosa do Jornal Hoje, que usava. Acho que ela lembra um pouco essa Carey (que obviamente, não tenho a menor noção de quem seja, apesar de já ter viso 5000 fotos dela em revistas moderninhas)
    E claro, Elis, que fez dele sua marca.

  2. Foi só eu postar a mensagem aqui e um amigo da velha guarda apareceu em casa, e vendo o meu LINDO E MARAVILHOSO LIVRO DA VOGUE, comentou: Olha, a Márcia Mendes! Parece que a idéia vai girando pelo ar…
    (Vou te mandar por e-mail a foto. É uma modelo fofa dos 80’s, que ninguém mais se lembra quem é. Faz parte)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s